terça-feira, 21 de março de 2017

enquanto eu olho a chuva

Esfriou, virou o tempo, o céu tá nublado e tem muita gente por aí de coração apertado,  é a agonia, a saudade, é vazio.

Há a alegria que esquenta no abraço, há o consolo quando a dor é grande, há a vontade de cuidar até tudo acabar, até a dor passar, medo de que acontece depois, o receio, o mal estar em não ver um desfecho.

Enquanto a chuva cai o abraço fica mais apertado, o choro é mútuo, essa é a melhor prova de um "eu sempre vou estar aqui", o que aquece o abraço agora é a tentativa de consolo.

O vento faz com que um cobertor seja necessário, não há solução além de ficar encolhido enquanto espera o sono chegar, quando amanhece, o raiar da manhã traz a preguiça de pessoas desagradáveis junto com a preocupação. Agora é esperar pra ver, é a certeza de que, se eu pudesse, tirava essa dor de você.
Imagem retirada do Pinterest