domingo, 15 de maio de 2016

A esquisistranha :v

Gosto de vários estilos de música, de me apaixonar por personagens e mundos fictícios, de comprar "coisas de papelaria"  e de passar o tempo recortando coisas de jornais e revistas velhas...
E talvez seja por isso que nunca fui considerada lá muito normal, gostava de coisas que só eu gostava, então tentei "me encaixar" e de um jeitinho estreito, até deu certo, gostei um pouco do que "aprendi", mas não era assim.

Até agradeço quem me chamou de estranha/esquisita, porque foram essas pessoas que me ajudaram a conseguir me olhar de um jeito diferente.

Esse diferente por um tempo pareceu ruim, mas agora vejo em mim mesma as vantagens em parar de tentar fazer parte. E depois de enxergar essas vantagens, eu canto o que quero, mesmo sem cantar bem, leio o que me atrai, vou descobrindo as coisas do meu jeito, no meu caminho.

Isso é uma coisa que aconselho de coração,  se enxerga por dentro, veja as coisas boas dentro de você e se parecer difícil, insista, se complete, sorria :3